A perda de bagagem é um dos imprevistos mas desagradáveis que pode passar a um viajante. É uma situação muito estressante, especialmente se acontece em outro país e se você carrega bens de valor com você. Mas, a boa notícia é que tem solução.

Sabia que você tem direito a fazer uma declaração especial de valor da sua bagagem?

As companhias aéreas em geral não recomendam que os passageiros despachem bens de valor. Mas, caso você precise fazê-lo no momento do check-in é possível preencher um formulário de confirmação dos bens para que a empresa aérea se responsabilize pela bagagem. Entretanto, é exigido a nota fiscal como comprovante do valor declarado e também uma taxa extra que varia de cia para cia. O valor declarado não pode ser superior a 2 mil dólares para voos domésticos e 3000 dólares para voos internacionais.

Algumas companhias oferecem uma cobertura adicional preventiva para quem pretende transportar bens acima de R$ 5 mil. Mas atenção, a empresa aérea pode se recusar a levar a bagagem caso a mesma não atenda os procedimentos abaixo:

“Artigos frágeis ou perecíveis, dinheiro, jóias, papéis negociáveis, ações ou outros valores, amostras ou documentos de negócios e aparelhos eletroeletrônicos, tais como, câmeras fotográficas, celulares, filmadoras, laptops, tablets e etc., incluídos seus respectivos acessórios são aceitos apenas como bagagem de mão, não podendo ser aceitos como bagagem despachada.

Quem precisa transportar equipamentos eletrônicos em uma viagem internacional: como laptops, tablets, smartphones, câmeras fotográficas e filmadoras podem contratar o seguro de viagem com cobertura adicional para eletrônicos.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *